download (1)

Postado em 4 de julho de 2019, por Alexandre Melo.

Moradores do bairro do Mutange sentem novo tremor de terra

Os moradores do bairro do Mutange, em Maceió, tiveram um grande susto nesta quinta-feira (4). Eles afirmam ter sentido um novo tremor de terra nas proximidades do local onde a Braskem exerce a atividade de extração mineral na região.

De acordo com o presidente da Associação dos Moradores do Mutange, Arnaldo Manoel, a população sentiu as paredes dos imóveis tremerem e muita gente relatou que objetos que estavam dentro de casa “saíram do lugar”.

O morador Edivan da Silva, de 35 anos, foi um dos que sentiram o fenômeno nesta quinta. Segundo ele, após o episódio, ocorrido por volta de 13h, diversas rachaduras apareceram na residência em que mora e que fica em uma encosta no Mutange, entre três poços de extração de Salgema.

Por meio de nota, a Coordenação Municipal Especial de Proteção e Defesa Civil (Compdec) informou que esteve no local onde a população sentiu uma vibração no solo, possivelmente causada pela passagem de um rolo compactador, sem aparentes danos nas edificações.

Disse também que solicitou informações oficiais da Rede Sismológica Nacional para identificar se houve movimento de solo no horário informado pelos moradores do Mutange.

“O órgão municipal continua monitorando a área e orienta a população a acionar a Defesa Civil através do telefone 0800 030 6205 em caso de anormalidade”, diz a nota.

De fato, quando a equipe de reportagem chegou ao local, o motorista do maquinário – um rolo compressor – ligou o equipamento e o tremor voltou, cessando após o desligamento da máquina.

Com medo constante, os moradores da localidade contam que correram para fora de casa assim que sentiram o chão tremer. “Era como se o chão tivesse vibrando”, destacou Antônio José Alves, de 67 anos, e que mora há 30 anos no local.

A reportagem entrou em contato com a assessoria da Braskem, que ficou de se inteirar sobre o assunto para dar um retorno.

O registro de mais esse episódio em Maceió deixa a população apavorada, tendo em vista que os bairros do Mutange, de Bebedouro e do Pinheiro já vêm sofrendo consequências em virtude da extração de minérios.

Moradores apontam danos em imóveis após tremor de terra

FOTO: HEBERT BORGES

 

Muitas pessoas viram suas casas racharem e tiveram que deixar os imóveis. Há prédios inteiros, no bairro do Pinheiro, evacuados e isolados, para que ninguém se arrisque a chegar perto das paredes, que apresentam grandes fissuras e ameaçam desabar.

Deixe um comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*