Templates by BIGtheme NET
naom_5af576df543f0

Postado em 2 de agosto de 2018, por Alexandre Melo.

Senadora Ana Amélia aceita ser vice de Alckmin

Uma semana após ter sido rejeitado pelo empresário Josué Alencar (PR), Geraldo Alckmin (PSDB) ficou mais perto de resolver a novela em que se transformou sua busca por um vice para a disputa pela Presidência da República.

A senadora Ana Amélia (PP), 73, aceitou ocupar o posto na chapa do tucano, mas condicionou a aliança a acertos no Rio Grande do Sul.

PP e PSDB têm candidatos ao governo do estado. O deputado Luiz Carlos Heinze (PP), com apoio de DEM, PSC, Pros e PSL, enfrenta o ex-prefeito de Pelotas Eduardo Leite (PSDB), com apoio de PTB, PRB, PHS, Rede e PPS. Heinze disse que está disposto a deixar a disputa para ser candidato ao Senado em uma composição entre as legendas.

A confirmação da aliança no RS é uma má notícia para o presidenciável Jair Bolsonaro (PSL), que, com a saída de Heinze, ficaria sem palanque no estado.

Deixe um comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*