Templates by BIGtheme NET
i

Postado em 5 de agosto de 2018, por Alexandre Melo.

RENAN FILHO X COLLOR AS PROVOCAÇÕES JÁ COMEÇARAM

O governador Renan Filho (MDB) e o senador Fernando Collor (PTC) vão encabeçar a disputa pela cadeira do Executivo de Alagoas. Ambos oficializaram suas candidaturas no final da manhã deste domingo, 5.

Também vão concorrer ao governo do Estado os candidatos Josan Leite (PSL) e Basile Christopoulos (PSOL).

Collor anunciou sua candidatura ao lado do senador Benedito Lira (PP), que, assim como Renan Calheiros (MDB), tenta a reeleição.

A convenção do PP foi realizada no Iate Clube Pajussara. Benedito de Lira dançou, falou sobre sobre suas conquistas para o Estado e apresentou Collor como a aposta da coligação ao governo estadual.

“Nunca vi nenhum governador ganhar eleição no nosso estado por WO”, alfinetou Collor se referindo a Renan Filho. WO é a atribuição de uma vitória a uma equipe ou a um competidor individual quando a equipe adversária está impossibilitada de competir ou quando não existem adversários. Disse ainda que, caso ganhe, sairá em defesa dos pobres.

Assista ao vídeo

O presidente da Câmara de Vereadores de Maceió, Kelmann Vieira (PSDB), foi o nome escolhido como vice-governador. Ele chegou a ser cogitado a sair para governo do Estado quando o prefeito da capital, Rui Palmeira (PSDB) anunciou sua desistência.

Perto dali, no hotel Ritz Lagoa da Anta, na Cruz das Almas, ao lado do pai Renan Calheiros, Renanzinho lançou sua candidatura com direito a recado para Collor.

“A mudança positiva tomou conta de Alagoas. Minha candidatura não vai levar em consideração vaidades pessoais, projeto individuais que tentam se colocar acima do interesse do nosso povo. A candidatura de Collor representa a vaidade pessoal dele”.

E segundo o governador, Luciano Barbosa continuará no posto de vice. O deputado federal e candidato ao Senado Maurício Quintella (PR) também criticou Fernando Collor. “Todos estão cansados de populismo e falsos moralistas. Nós sabemos quem compõe a outra chapa, principalmente o povo”.

Na ocasião, Renan Calheiros (MDB) oficializou sua candidatura rumo mais uma vez ao Senado. Vale ressaltar que Collor, Lira, Filho e Calheiros já foram citados em delações da Operação Lava Lato.

Assista a trecho do discurso de Renan Filho

COM NOVOEXTRA

Deixe um comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*