Templates by BIGtheme NET
csm_Sequestradores_8bbb43d6f4

Postado em 20 de julho de 2018, por Alexandre Melo.

SEQUESTRADORES DE VEREADORES SÃO PRESOS

Os dois homens presos na última quinta-feira (19), suspeitos de sequestrar o vereador Walter Acioli de Lima Filho (PDT), na cidade de Boca de Mata, na Zona da Mata de Alagoas, também estariam envolvidos com crimes semelhantes em Maceió. A informação foi passada pela delegada Maria Angelita, titular da Delegacia de Roubos e Furtos de Veículos e Cargas, na tarde desta sexta-feira (20).

A delegada relatou que José Bruno Silva Vasconcelos, 22 anos, mais conhecido como Bruninho, e Luiz Clemente da Silva, 25 anos, vulgo Nando, participaram de dois sequestros relâmpagos nos bairros Poço e Gruta de Lourdes, no final de junho.

“Tanto o vereador quanto as outras vítimas, dos casos do Poço e da Gruta, já reconheceram os jovens. Eles foram identificados como dois dos autores desses crimes”, destacou.

Além da dupla, um terceiro nome já se encontra preso, segundo a delegada. Ericles Ricardo da Silva, conhecido como Juca, de 22 anos, foi pego em flagrante com uma pistola 380 no último dia 28, no Centro de Maceió, e já está recluso no Sistema Prisional de Alagoas.

“O Ericles também está com um mandado de prisão para esse crime, além do porte ilegal de arma de fogo, motivo pelo qual foi preso no mês passado. Nós estamos em buscas de mais dois suspeitos, porém não posso dar detalhes. Eles seguem em liberdade e esperamos efetuar a prisão”, acrescentou.

José Bruno e Luiz Clemente foram capturados pela polícia um dia após invadirem a casa do vereador Walter Acioli, em Boca da Mata. Após recolherem eletrônicos de valor no local, decidiram levar o vereador, a esposa e um funcionário como reféns.

Os sequestradores foram com as vítimas até a Fazenda Esperança, já no município vizinho, Joaquim Gomes. Horas depois, eles foram liberados em um matagal que fica a cerca de um quilômetro da BR-101.

Os outros casos

No dia 27 de junho, três homens, um deles armado, renderam convidados de uma festa que acontecia em uma casa perto do terminal da Rotary, no bairro Gruta de Lourdes, e anunciaram um assalto. Uma das vítimas foi retirada da festa e obrigada a sacar dinheiro em uma agência bancária próxima.

Já na noite do último dia 30, um policial de folga conseguiu interceptar o sequestro com ajuda de seguranças de um shopping na Mangabeiras. Após perseguição no estacionamento do centro de compras, a família que era feita refém foi liberada pelos bandidos, que fugiram em um carro roubado.

COM TNH

Deixe um comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*