Templates by BIGtheme NET
naom_5b086214647ce

Postado em 25 de maio de 2018, por Alexandre Melo.

‘Vai correr sangue’ Líder dos caminhoneiros desafia governo

O presidente da Abcam (Associação Brasileira dos Caminhoneiros), José da Fonseca Lopes, acredita que o governo não poderá acabar com a greve dos caminhoneiros. Segundo ele, o cenário poderá se tornar violento com o emprego do Exército e das forças policiais na liberação das rodovias bloqueadas.

“Ninguém vai conseguir tirar o caminhoneiro. Vai correr sangue nisso aí”, afirmou Lopes em entrevista ao jornal Folha de S. Paulo.

Apesar de dizer que vai fazer “o que for pDurante pronunciamento nesta sexta-feira (25), o presidente Michel Temer disse que vai usar as forças federais para liberar as estradas bloqueadas pelos caminhoneiros e pediu que os governadores façam o mesmo. “O governo terá coragem de exercer sua autoridade em defesa do povo brasileiro”, disse o presidente.ossível” para que o conflito não se acentue, Lopes diz o cenário pode virar uma “aberração”.

“O caminhoneiro é uma pessoa rude, uma pessoa simples. Quando ele entra numa briga, é difícil de tirar ele dessa briga”, disse. “Então isso pode criar sérios transtornos. Espero que não”, completa.

 

Deixe um comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*