Templates by BIGtheme NET
Arthur Pinheiro Machado by marcelo chello CJpress estadao conteudo

Postado em 13 de abril de 2018, por Alexandre Melo.

PF ACABA COM ESQUEMA DOS FUNDOS DE PENSÃO

Sócio de uma centena de empresas e no centro de duas investigações simultâneas da Polícia Federal e do Ministério Público Federal, Arthur Pinheiro Machado, preso na Operação Rizoma, movimentou mais de R$2,8 bilhões em negócios com fundos de pensão, até municipais. Tanto dinheiro seria suficiente para pagar à vista o sofisticado satélite de comunicações SGDC, que o Brasil comprou em suaves prestações. A informação é do colunista Cláudio Humberto.

Oficialmente, o senador Renan Calheiros não aparece na investigação que tem como alvo o amigo Milton Lyra. Ou tudo estaria no STF.

Do tipo afável, Milton Lyra organizou várias degustações de vinho, com especialistas renomados e convidados de destaque na vida de Brasília.

Alvo da Rizoma, Marcelo Sereno dividiu com Waldomiro Diniz o protagonismo do primeiro escândalo de corrupção do governo Lula.

Deixe um comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*