Templates by BIGtheme NET
Alfredo Gaspar de Mendonca chefe do MP de Alagoas - Divulgacao

Postado em 3 de janeiro de 2018, por Alexandre Melo.

ALFREDO GASPAR PRETENDE SER CANDIDATO EM 2018

Uma mensagem de felicitações pelo ano novo, em que o procurador-geral de Justiça Alfredo Gaspar de Mendonça Neto faz duras críticas aos políticos alagoanos e à “Alagoas da Corrupção” acendeu uma luz de alerta na classe política do Estado, em relação ao eventual ingresso do chefe do Ministério Público Estadual na disputa por cargos nas eleições de 2018.

A classe política alagoana deve mesmo se preocupar com o efeito eleitoral de um possível ingresso de Alfredo Gaspar na disputa de 2018. Porque o chefe do MP pensa, sim, em disputar cargo eletivo e disse a reportagem do Diario do Poder que vai tomar a decisão sobre sua eventual candidatura “mais à frente”.A declaração de Alfredo Gaspar foi feita, na madrugada desta sexta-feira (29), depois que foi questionado pela reportagem se ele disputaria uma das duas vagas de senador, o que o colocaria em confronto direto contra as reeleições do senador Renan Calheiros (PMDB-AL) e de Benedito de Lira (PP-AL).

“Quanto à candidatura, só mais à frente tomarei uma decisão, mas tenho pensado nessa hipótese. Não sou filiado a nenhum partido político, nem nunca tive conversa partidária para filiação. Primeiro, preciso tomar minha decisão se serei candidato”, respondeu Alfredo Gaspar.

Há quem imagine que, por ter participado do governo de Renan Filho, o chefe do MP escolheria o PMDB para ser candidato. Mas se optar por ser candidato a senador, com o discurso que tem, Alfredo Gaspar faria as chances de reeleição do senador Renan Calheiros afundar como uma âncora, em 2018.

‘ALAGOAS DA CORRUPÇÃO’

A mensagem de ano novo de Alfredo Gaspar fez referência ao seu empenho para combater a criminalidade e a corrupção, à frente do MP de Alagoas, desde janeiro de 2017. Neste ano, foram mais de dez operações contra a corrupção em nove municípios, e denúncias contra conselheiros do Tribunal de Contas de Alagoas e prisões e ações ajuizadas contra prefeitos.

O chefe do MP que foi secretário de Segurança Pública no primeiro ano e três meses do governo de Renan Filho (PMDB), disse que se orgulha de combater as pessoas que fazem o mal em Alagoas. Foi dele o mérito pela redução histórica de 17,6% nas mortes violentas decorrentes de crimes em Alagoas, em 2015.

“Essa Alagoas da corrupção e da falta de respeito com o povo não é a minha Alagoas. […] E não vou deixar que nós, alagoanos, percamos a esperança em nosso futuro, por conta dos abusos e da má fé de políticos que não nos representam. A minha Alagoas é a Alagoas de todos nós. E em 2018, juntos, eu e vocês, vamos resgatar o orgulho que sempre bateu em nossos corações. E, no futuro, nós teremos muito, mas muito orgulho, disso”, disse Alfredo Gaspar em um dos trechos de sua mensagem de ano novo.

Veja a mensagem de ano novo do chefe do MP de Alagoas:

Deixe um comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*