O prefeito do município de Taquarana, Sebastião Antônio da Silva (PP), o “Bastinho” e o vice, Davi Teófilo de Castro Amorim (PMDB), tiveram seus mandatos cassados pela Justiça Eleitoral. A sentença (157/2017) foi assinada pelo Juiz Bruno Araújo Massoud, da 43ª Zona Eleitoral de Maribondo, em Alagoas, e divulgada na noite desta segunda-feira, 14.

O magistrado determinou o afastamento do prefeito e do vice e aplicou a sanção de inelegibilidade pelo prazo de oito anos subsequentes ao dia das eleições apenas para Bastinho, pois não foram encontradas provas que evidenciem a participação de Davi Teófilo na prática ilícita.

De acordo com a sentença, o prefeito e o vice são teriam utilizados recursos públicos para subvencionar a distribuição de combustível a eleitores e integrantes de campanha nas eleições de 2016.

Os abastecimentos eram realizados em um posto localizado no município de Arapiraca. As notas de autorização eram assinadas pelo prefeito, o irmão dele e por um sobrinho.

A decisão será publicada no Diário Oficial da Justiça nesta terça-feira 15. Sebastião Antônio e Davi Teófilo ainda podem recorrer da decisão.